Pular para o conteúdo

Você já parou para pensar o tamanho dos benefícios que a tecnologia pode nos proporcionar? Entretenimento, informação, troca de informações, compra de produtos, melhoramento da rotina diária e muitos outros pontos que não caberiam neste artigo. Porém, e se eu dissesse que sua utilização descontrolada também pode gerar impactos negativos tanto na parte mental quanto física? Pois é!

Quais são os problemas que a tecnologia pode gerar

Sei que até pode parecer esquisito, uma vez que a tecnologia faz sempre alusão ao crescimento populacional e de informação. No entanto, existem reais problemas que devem ser destacados. Entre eles, podemos citar:

  • Problemas de postura

Trata-se de um prejuízo a partir do uso excessivo do PC.

Considerando que sua coluna é uma das partes mais importantes, sendo sempre afetada por diversos problemas posturais, a tecnologia pode estimular o usuário a manter-se em uma posição que leve a dores e problemas mais sérios.

Hoje em dia, ironicamente pela ajuda da tecnologia e aliado a conceitos ergonômicos, é possível produzir produtos que consigam ajudar na parte postural. Cadeiras, mesas e outros produtos que estimulem seu corpo a ajeitar a postura;

  • Necessidades físicas

Ao emergir-se no mundo da tecnologia, é muito fácil perder o foco. Dentro destas perdas, necessidades de alimentação e consumo de líquidos geralmente são esquecidas, gerando grandes problemas com o passar do tempo;

  • Obesidade

Um dos grandes problemas do uso descontrolado da tecnologia é a possibilidade de estimular a obesidade.

Considerando que o usuário dificilmente terá tempo para cuidar do seu corpo, seja por dieta ou exercícios, a obesidade pode aparecer de maneira descontrolada. Com o tempo, o individuo possui grandes possibilidades de tornar-se sedentário. Frente a isso, existem profissionais que podem ajudar bastante. Caso queira conhecer mais, pode acessar o www.drrafaelangelim.com.br/dr-rafael-angelim para enxergar uma saída deste problema. Não são poucos, conforme você já conseguiu ver nestes artigos, os pontos positivos da tecnologia. Aproveite!

Lembra daquele barulho icônico quando alguém que você queria muito conversar acabava entrando online? E aquele depoimento tão importante pra você? Bom, assim como tudo que acontece em nossas vidas, algumas coisas inevitavelmente terminam. Porém, dificilmente são esquecidas.

Os anos 90 até meados dos anos 2000 foram realmente importantes para nós: Orkut, MSN e muitas outras formas de comunicação apareceram e fizeram a alegria (ou tristeza) de muitas pessoas.

Infelizmente, muitas destas plataformas foram excluídas graças ao aparecimento de outras sofisticações. Um exemplo disso é o Facebook, conseguindo acoplar naturalmente algumas das funcionalidades de cada plataforma citada.

Você é uma das pessoas que morrem de saudades destas funcionalidades? Para te fazer feliz, preparei um conteúdo exclusivo para você sentir o verdadeiro gostinho de 2000.

MSN entrou online

Também chamado de Windows Live Messeger, o MSN conseguiu bastante brilho graças a suas mensagens instantâneas. Sendo desenvolvido em 1999, este programa diretamente produzido pela Microsoft conseguiu espaço no Windows XP, sendo responsável por desbancar o até então famoso ICQ.

MSN

Sua praticidade era única, uma vez que seu login era simplificado junto a conta de e-mail do MSN/Hotmail/Live.

Falando um pouco mais das queridas funcionalidades do MSN, é possível vislumbrar o envio de vídeos, áudios e vídeos quase que instantaneamente na mesma conversa, podendo a mesma ser com uma pessoa ou um grupo. Com o tempo, estas funções foram colocadas para trás graças a outros serviços de chat com integração, assim como o Google Talk (hoje utilizado como Hangouts) e o Facebook. Na mesma época, o Skype estava emergindo de maneira veloz, fazendo a migração do MSN para o mesmo em 2013.

Para quem infelizmente não possuía muito contato com alguém que estava longe, fora do estado ou do país, a webcam poderia ser utilizada para realizar vídeo conferencia. Incrível, não é?

Depoimentos do ORKUT

A plataforma do Orkut foi o ultimo serviço a ter seu fim oficializado.

ORKUT

Sendo criado no começo de janeiro, este serviço do Google foi a principal rede social da época até ser infelizmente deixado para trás com o Facebook.

Após seu login no Orkut, você será levado para sua própria página. Dentro da mesma, assim como o Facebook atual, você terá a oportunidade de colocar sua descrição, particularidades e álbuns. Além disso, uma das melhores coisas era a possibilidade de escrever depoimentos fixos na página das pessoas, além de scraps públicos e privados.

Para você entender o tamanho deste serviço, no seu pico de usuários, o Orkut chegou a ter mais de 30 milhões de usuários ativos. Entendeu o tamanho disso? É correto afirmar que pelo menos metade de todo o Brasil, com acesso à internet, tinha pelo menos um usuário na plataforma. Este número não é exato, uma vez que existiam diversos perfis fakes.

Você lembra das comunidades? Pois é! Tais comunidades tinham o nome do assunto, junto a murais que diversos usuários se adicionavam e conversavam sobre algum determinado assunto.

O antigo ICQ

ICQ

Antes de todas estas formas incríveis de comunicação, o ICQ dominava o PC de grande parte dos internautas. Assim como o MSN, o ICQ conseguia realizar mensagens instantâneas, evolucionando todas as maneiras de comunicação da época. É correto afirmar que, se não fosse o ICQ, tanto o MSN quando o próprio Facebook que utilizamos hoje em dia não existiriam, uma vez que muitas das suas particularidades foram vistas e adaptadas.

Em pleno 2019, quem é que nunca fez uma compra online? Alias, talvez a pergunta certa seja:

- Quem é que nunca sonhou em ter uma loja online?

Hoje em dia, dificilmente você liga para pedir comida ou vai presencialmente para pega-la e traze-la para a casa. Tudo isso pode ser feito via computador ou celular. Em alguns anos, você não acha que isso vai tornar-se cada vez mais frequente?

Ecommerce

Caso você realmente tenha vontade de empreender um dia para ter o seu próprio negócio na internet, entender como funciona o Ecommerce é essencial para finalmente entrar no nicho de mercado que tanto deseja.

Conhecendo melhor o mundo do Ecommerce

O Ecommerce, também sendo chamado em inglês apenas como “comércio eletrônico”, é um setor de compras online que tende a crescer cada vez mais durante os anos. De uma maneira geral, é uma área que atrai cada vez mais novos empreendedores e clientes.

É comum que neste segmento, os produtos que mais se destacam em vendas sejam produtos que geralmente vemos em shopping.

Calma! Caso você trabalhe em um shopping ou costuma sempre ir, isso não vai mudar: o ambiente do shopping esta acima das tradicionais compras. Afinal, quantas vezes você já foi comer e não comprou nenhuma roupa?

A facilidade da internet evoluiu a ponto de, ao clicar em um anuncio ou classificado digital, é possível comprar ou compartilhar um determinado produto para alguém. Não é incrível?

Como é seu funcionamento

Bom, antes de qualquer coisa, você precisa definir qual será o nicho de mercado que vai atingir.

- O que é nicho de mercado?

Não tem problema desconhecer! Afinal, ninguém nasce sabendo.

O nicho é um segmento. Um fragmento composto ou isolado que você vai trabalhar.

Digamos que você escolha o ramo das esponjas caseiras, por exemplo. Isso é um nicho, uma vez que não são todos os produtos caseiros que você vai trabalhar. Captou?

O Ecommerce não é um programa especifico. Na verdade, trata-se de qualquer simples empreendimento que consegue construir sua loja virtual. Nestes casos, mesmo que seja o produto com menor valor, a loja virtual é considerada a partir da sua visualização online.

Quando falamos mais do nicho dos medicamentos manipulados, por exemplo, podemos citar uma Farmácia de manipulação que utiliza sua loja virtual para vender seus produtos, tornando-se uma das maiores farmácias do setor.

Primeiros passos

Não são todas as pessoas que possuem o conhecimento necessário para produzir um site e introduzir o ecommerce no mesmo. Porém, não é nenhum bicho de sete cabeças.

Quer começar a empreender na internet? Você pode começar pelo próprio Facebook: além de disponibilizar ferramentas incríveis para compra e venda, o layout já é familiar.

Não perca mais tempo, futuro empreendedor.